17.6 C
Distrito Federal
InícioNotíciasJustiçaProgramação no segundo semestre celebra 40 anos do Judiciário de Rondônia

Programação no segundo semestre celebra 40 anos do Judiciário de Rondônia

Inauguração de memorial, exposição histórica no Porto Velho Shopping, lançamento de livro e um Prêmio de Comunicação compõem a comemoração das quatro décadas de instalação do Tribunal de Justiça de Rondônia (TJRO). A programação especial terá início no dia 8 de agosto e se estenderá durante todo o segundo semestre de 2022.

A abertura das comemorações será na inauguração de uma sala no Centro de Documentação Histórica do TJRO, dedicada à memória dos pioneiros da Justiça de Rondônia. Os primeiros desembargadores do estado, historicamente lembrados como sete samurais, assumiram a missão de instalar o tribunal rondoniense e contarão com espaço na nova sala.

Já a exposição no Porto Velho Shopping, com espaço para homenagear a memória do Judiciário, terá início no dia 9 de agosto. A abertura será marcada por apresentação musical e serviço de triagem do Justiça Rápida. Atendimentos, palestras sobre temas como adoção, métodos alternativos de solução de conflitos e Fórum Digital serão disponibilizados ao público no período da tarde. Uma oficina de sustentabilidade para crianças também está programada. E, no encerramento da exposição, no dia 21 de agosto, será realizado um casamento comunitário.

Ainda no segundo semestre, um livro sobre a trajetória da Justiça será lançado. A publicação comemorativa vai narrar os primeiros passos na consolidação do Judiciário no estado recém-instalado, além de fatos históricos marcantes que contam a história da Justiça. Também faz parte da programação de comemoração a primeira edição do Prêmio Judiciário Rondoniense de Comunicação e Novas Mídias, destinado a reconhecer profissionais da imprensa e acadêmicos que produzem conteúdo sobre o acesso à Justiça e à cidadania.

O desembargador Alexandre Miguel, que coordena as atividades de homenagem aos 40 anos, tem reunido esforços dentro da instituição para ampliar o acervo histórico. “O Judiciário de Rondônia tem uma história rica. E contar essa trajetória é contribuir com a memória do estado, valorizando e reconhecendo os pioneiros que atuaram para que alcançássemos hoje o patamar de excelência, marcado pelo triplo Selo Diamante do CNJ.”

Fonte: TJRO

Fonte: Portal CNJ

Nos siga no Google Notícias

COMENTÁRIOS

Fábio Sakamoto
Fábio Sakamotohttps://dfnamidia.com.br
Jornalista MTB/DRT 0011561/DF, Desenvolvedor Web. Apaixonado por quadrinhos, filmes, séries e música.

Redes Sociais

16,985FãsCurtir
2,458SeguidoresSeguir
61,453InscritosInscrever

Últimas Notícias

Continue Lendo