16.6 C
Distrito Federal
- PUBLICIDADE -
InícioNotíciasJustiçaJustiça do Trabalho potiguar fica em 5º lugar em balanço socioambiental do...

Justiça do Trabalho potiguar fica em 5º lugar em balanço socioambiental do CNJ

- PUBLICIDADE -

O Tribunal Regional do Trabalho da 21ª Região (TRT21), que atua no Rio Grande do Norte, ficou em 5ª lugar entre todos os 24 TRTs do país, segundo o Índice de Desempenho de Sustentabilidade (IDS) do Conselho Nacional da Justiça (CNJ). O dado foi divulgado no 5º Balanço Socioambiental do Judiciário, que reúne informações de 118 órgãos, entre tribunais e seções judiciárias de todos os segmentos.

O Balanço avalia e monitora os resultados apresentados pelo Plano de Logística Sustentável (PLS) de cada órgão no ano de 2020. O documento tem sido divulgado desde 2015, buscando reforçar e dar maior transparência à economicidade dos gastos públicos e a proteção ao meio ambiente.

No documento publicado, o CNJ salienta que o ano de 2020, marcado pela Covid-19, “afetou extremamente a série histórica de gasto e consumo dos insumos, tendo em vista a opção do trabalho remoto pela maior parte do corpo funcional”. O Conselho explica que, em 2020, com a necessidade de isolamento social para conter o agravamento da pandemia do novo coronavírus, houve uma redução de 35% na despesa com água e esgoto, de 28% na despesa com energia elétrica, de 60% nas despesas com garrafas de água mineral e com copos descartáveis, considerando todo o Poder Judiciário.

“Esses dados mostram claramente o impacto da ação humana no meio ambiente e a importância da conscientização e sensibilização do homem para alcançar, de fato, os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável”, destaca o documento. Os ODS fazem parte da Agenda 2030 da Organização das Nações Unidas (ONU) e propõem a ação de governos, instituições, empresas e a sociedade em geral para o enfrentamento dos maiores desafios do mundo contemporâneo. Em seu plano de ação, a ONU pretende erradicar a pobreza, proteger o planeta e garantir que as pessoas alcancem a paz e a prosperidade de forma segura e responsável.

Em 2019, o TRT21 informou ao Secretariado Geral da ONU o apoio da instituição aos Dez Princípios do Pacto Global, relacionados aos Direitos Humanos, Direitos do Trabalho, Proteção do Meio Ambiente e Combate à Corrupção, aderindo, assim, à Agenda 2030 e aos seus Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS).

Resultados

Segundo o CNJ, o objetivo do Índice de Desempenho de Sustentabilidade (IDS) consiste em criar um indicador sintético que seja capaz de avaliar, em uma única dimensão, o resultado combinado de vários indicadores distintos que permitem uma comparação entre os Tribunais. Para alcançar os resultados apresentados, o Conselho levou em consideração o Consumo de energia elétrica, de água, de copos e de papel; destinação de material reciclável, gasto com telefonia e com veículos; consumo de água envasada, gasto com impressões, além da participação em ações de qualidade de vida, em ações solidárias e a realização de capacitações sobre questões socioambientais.

O TRT21 alcançou em 2020 um IDS de 66,6%, ficando, assim, com o 5º lugar dentre os Tribunais Regionais do Trabalho do país. Em comparação com os índices apresentados por todos os órgãos de Justiça, o TRT21 ficou em 7º lugar. Os resultados apresentados encerram o ciclo do PLS 2015-2020 do Tribunal Regional do Trabalho da 21ª Região que já está elaborando um novo PLS para o ciclo 2021-2026.

Fonte: TRT21

Fonte: Portal CNJ

- PUBLICIDADE -
Nos siga no Google Notícias

COMENTÁRIOS

[wce_code id=2]
Fábio Sakamotohttps://dfnamidia.com.br
Jornalista MTB/DRT 0011561/DF, Desenvolvedor Web. Apaixonado por quadrinhos, filmes, séries e música.
- PUBLICIDADE -

Redes Sociais

16,985FãsCurtir
2,458SeguidoresSeguir
61,453InscritosInscrever

Últimas Notícias

- PUBLICIDADE -

Continue Lendo

- PUBLICIDADE -
x