13.6 C
Distrito Federal
- PUBLICIDADE -
InícioNotíciasGoiásProcissão do Fogaréu volta a ser protagonista cultural na Cidade de Goiás

Procissão do Fogaréu volta a ser protagonista cultural na Cidade de Goiás

- PUBLICIDADE -

A realização da tradicional Procissão do Fogaréu da cidade de Goiás está confirmada para a próxima semana, após hiato de dois anos devido à pandemia da Covid-19. A celebração, que começa no final da noite da próxima quarta-feira (13/04) e termina na madrugada de quinta-feira (14/04), terá o aporte de R$ 260 mil por meio do Programa Estadual de Incentivo à Cultura – Goyazes. Durante a atual gestão, o Governo de Goiás, por meio da Secretaria de Estado da Cultura (Secult), já investiu mais de R$ 9 milhões na área da Cultura no município.

“O governador Ronaldo Caiado determinou e a Secult está investindo nesse evento que faz parte da nossa história e leva a cultura do Estado até mesmo ao exterior. É muito importante resgatar nossas raízes e celebrar a saída de um período de dificuldades. O Governo está atento às necessidades do setor e na manutenção das nossas tradições”, ressaltou o secretário de Estado da Cultura, César Moura.

O apoio foi comemorado pela gestão municipal, que recebeu os valores de forma antecipada: “Nós estamos muito gratos porque o dinheiro já está na conta para que possamos investir na organização das procissões, encenações e todos esses momentos tão esperados pela nossa população e pelos milhares de turistas que devem visitar a cidade na próxima semana”, afirmou a secretária de Cultura da cidade de Goiás, Raíssa Coutinho.

O prefeito Anderson Gouveia agradeceu a parceria. “Para que tudo ocorra da melhor forma possível, precisamos contar com parceiros. Por isso, agradeço ao governador Ronaldo Caiado e ao secretário de Cultura, César Moura”, disse. “Agradecemos o incentivo do governo do Estado em aportar recursos para cobertura de despesas com a organização geral da Semana Santa”, reforçou o presidente da Organização Vilaboense de Artes e Tradições (Ovat), Rodrigo dos Santos e Silva.

Reconhecida como patrimônio imaterial de Goiás, a Procissão do Fogaréu, realizada há 277 anos, representa a perseguição e prisão de Jesus Cristo pelos soldados romanos e faz parte das celebrações da Semana Santa. A apresentação ocorre sempre à zero hora da quinta-feira santa, quando tambores anunciam a chegada de farricocos vestidos com túnicas coloridas e chapéu simbolizando os soldados.

Mais investimentos

Além de contribuir com a realização da Procissão do Fogaréu, o Governo de Goiás acumula uma série de esforços para fortalecer a cultura, movimentar o turismo e preservar a história da antiga Vila Boa. Entre os maiores destaques está o Festival Internacional de Cinema e Vídeo Ambiental (Fica). Em 2022, diante da flexibilização de medidas sanitárias, o evento volta ao formato presencial e espera reunir participantes de vários países em junho.

Durante a pandemia, o Estado destinou verba para garantir a reabertura do Museu Casa de Cora. O espaço, que se mantém principalmente pelos recursos arrecadados nas visitações, precisou fechar as portas em 2020 no período em que o isolamento social foi o principal aliado do combate à Covid-19.

O Governo de Goiás também propiciou a reforma do Palácio Conde dos Arcos e do Palácio da Instrução, a primeira edificação em estilo art déco de Goiás. Atualmente, estão em andamento os preparativos para a revitalização da Igreja de São João Batista do Arraial de Ferreiro, outra edificação de valor histórico e que remonta à origem do povo goiano.

Ainda na área do turismo e cultura, o Estado investiu na estruturação do Caminho de Cora para melhor receber os visitantes. Uma expedição anual vai percorrer os 300 quilômetros de trilha pelo Cerrado, entre Corumbá e a cidade de Goiás.

Fonte: Secretaria de Estado da Cultura (Secom)

Fonte: Portal Goiás

- PUBLICIDADE -
Nos siga no Google Notícias

COMENTÁRIOS

- PUBLICIDADE -

Redes Sociais

16,985FãsCurtir
2,458SeguidoresSeguir
61,453InscritosInscrever

Últimas Notícias

- PUBLICIDADE -

Continue Lendo

- PUBLICIDADE -