20.6 C
Distrito Federal
- PUBLICIDADE -
InícioNotíciasGoiásCavalhadas de Pirenópolis voltam ao formato presencial

Cavalhadas de Pirenópolis voltam ao formato presencial

As cores azul e vermelha, utilizadas nas indumentárias de personagens mouros e cristãos, tomaram conta do campo das Cavalhadas neste domingo (05/06), em Pirenópolis, no Sul do Estado. O público lotou as arquibancadas e mais de uma centena de camarotes para prestigiar a retomada da festa, após dois anos de suspensão por causa da pandemia de covid-19.

Convidado especial, o governador Ronaldo Caiado endossou o apoio do Governo de Goiás ao evento. Este ano, por meio da Secretaria de Estado da Cultura (Secult), a atual gestão investiu R$ 1,8 milhão na preparação do espetáculo em 12 municípios. “Tivemos o cuidado de fazer com que a verba chegasse antecipadamente aos envolvidos para que a banda, os cavaleiros e todos os envolvidos pudessem fazer a ornamentação no melhor padrão que existe”, explicou.

“A festa está com uma beleza diferente este ano, está muito bem apresentada graças a esse esforço do Governo de Goiás”, completou Caiado. Durante a abertura solene, diversos grupos folclóricos se apresentaram, como as Pastorinhas e a banda Phoenix, além dos famosos cavaleiros mascarados.

Um dos participantes era o adestrador de cavalos Martinez Pereira da Silva Filho, que herdou do pai o gosto pela tradição. “É uma coisa muito gratificante pra mim. Minha família toda vive as Cavalhadas e neste ano eu perdi meu pai, que era cavaleiro cristão. Hoje estou aqui muito emocionado”, afirmou ele. O funcionário público José Araújo estava na expectativa para a retomada: “Acompanho desde menino, gosto muito de ver o desfile, sem falar no significado religioso que tem pra mim”.

As batalhas continuam até terça-feira (07/06) e, seguindo a tradição, terminam com a rendição dos mouros ao cristianismo no terceiro dia. As apresentações começam sempre às 13 horas, no Módulo Esportivo, já que o Cavalhódromo está fechado para reforma. Além de Pirenópolis, neste final de semana o governador visitou Santa Cruz de Goiás e Jaraguá, que também realizam Cavalhadas no mês de junho.

Patrimônio cultural

Desde 2010, a Festa do Divino Espírito Santo de Pirenópolis é reconhecida pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) como Patrimônio Cultural Imaterial do Brasil. Neste ano, completa 204 anos de história.

Fonte: Secom – Governo de Goiás

Fonte: Portal Goiás

- PUBLICIDADE -
Nos siga no Google Notícias

COMENTÁRIOS

- PUBLICIDADE -

Redes Sociais

16,985FãsCurtir
2,458SeguidoresSeguir
61,453InscritosInscrever

Últimas Notícias

- PUBLICIDADE -

Continue Lendo

- PUBLICIDADE -