10.6 C
Distrito Federal
- PUBLICIDADE -
InícioNotíciasDistrito FederalVem aí o 6º Curso de Escolta, Contenção e Isolamento de Crises...

Vem aí o 6º Curso de Escolta, Contenção e Isolamento de Crises em Unidades de Internação do Sistema Socioeducativo do Distrito Federal

O curso contará com a participação de servidores da carreira socioeducativa e profissionais convidados da área de direitos humanos, segurança pública, saúde, dentre outros

Foto: Jhonatan Vieira

DANIELA UEJO| ASCOM/SEJUS-DF

A Secretaria de Justiça e cidadania abriu inscrições para o 6º Curso de Escolta do Sistema Socioeducativo, com a temática: ‘Contenção e Isolamento de Crises em Unidades de Internação do Sistema Socioeducativo do Distrito Federal’. As inscrições poderão ser realizadas a partir desta terça-feira (14) até a sexta-feira (17), sendo fornecidas 40 vagas. O curso terá a carga horária de 216 horas e será certificado. Para se inscrever, basta se cadastrar no site: https://aprender.sejus.df.gov.br/?p=1266

“A Sejus vem trabalhando ativamente para trazer melhorias á categoria socioeducativa. Esses servidores têm um papel muito importante na vida dos adolescentes internos. Acreditamos que este curso será mais uma ferramenta para reforçar o trabalho que eles exercem”, disse o secretário de Justiça e Cidadania, Jaime Santana.

O curso será oferecido em parceria com a Escola Distrital de Socioeducação e a Diretoria de Serviço de Segurança, Transporte e Acompanhamento (Disstae), da Subsecretaria do Sistema Socieducativo. O curso é uma iniciativa de formação continuada orientada ao aprimoramento e aperfeiçoamento da atuação profissional dos servidores do Sistema Socioeducativo do Distrito Federal e outros estados no que tange a realização de escolta e acompanhamento de adolescentes e jovens, bem como, em casos excepcionais, atuarem na contenção, controle e isolamento de crises em unidades socioeducativas.

De acordo com o Subsecretário Demontiê Alves “o curso tem a finalidade de capacitar tecnicamente o servidor para que ele possa atuar com excelência durante as escoltas e estar apto para o gerenciamento de crise que possa existir nas Unidades. Todo trabalho deve ter por base o fortalecimento da política de socioeducação com foco na garantia dos direitos humanos”

O corpo de instrutores conta com servidores da carreira socioeducativa e profissionais convidados da área de direitos humanos, segurança pública, saúde, dentre outros.

Fonte: SEJUS DF

- PUBLICIDADE -
Nos siga no Google Notícias

COMENTÁRIOS

DF NA MÍDIA
DF NA MÍDIAhttps://dfnamidia.com.br
Informações, jornalismo e entretenimento sobre o Distrito Federal e Entorno.
- PUBLICIDADE -

Redes Sociais

16,985FãsCurtir
2,458SeguidoresSeguir
61,453InscritosInscrever

Últimas Notícias

- PUBLICIDADE -

Continue Lendo

- PUBLICIDADE -