10.6 C
Distrito Federal
- PUBLICIDADE -
InícioNotíciasDistrito FederalEscolas do DF têm dia tranquilo de vacinação neste sábado (11)

Escolas do DF têm dia tranquilo de vacinação neste sábado (11)

Em mais uma ação de esforço coletivo para imunizar a população, a Secretaria de Saúde, em parceria com a Secretaria de Educação, deu continuidade ao programa de Vacinação nas Escolas. Neste sábado (11), o Centro de Ensino Fundamental 32, no Sol Nascente/Ceilândia, e a Escola Classe 9, no Gama, abriram as portas para imunizar contra covid-19, influenza e tríplice viral (sarampo, caxumba e rubéola). As vacinações foram para todas as idades, tiveram início às 9h e seguem até as 17h.

A cozinheira Regina Barbosa tomou a dose de reforço para covid-19 e levou os dois filhos para se imunizarem também contra a doença | Foto: Sandro Araújo/Agência Saúde-DF

Em Ceilândia, o estudante Gabriel Arthur Nascimento, 18 anos, aproveitou a data para concluir o ciclo vacinal. “Minha mãe trabalha aqui e me falou que teria a vacina hoje, aí vim com ela para tomar. Achei melhor assim do que ficar procurando um local”. Para a aposentada Antônia Oliveira, 63 anos, o que fez com que tomasse a quarta dose na escola foi a proximidade com a residência em que mora. “Está na porta da minha casa, na frente da minha rua.”

A dobradinha da Secretaria de Saúde com a de Educação, que possibilita a vacinação aos sábados nas escolas, já ocorreu em regiões como Ceilândia, Planaltina, Núcleo Bandeirante, Candangolândia e vai até o fim de junho

A responsável técnica pela vacinação no Centro de Ensino Fundamental 32, a enfermeira Landicea Rangel, explicou que as ações em parceria nas escolas têm apresentado respostas positivas. “Atingimos um público maior infantil quando a vacinação é nas escolas”, contou. O objetivo é conseguir alcançar ainda mais pessoas com esse trabalho aos sábados e dentro das comunidades.

No Gama, a cozinheira Regina Barbosa, 34 anos, tomou a dose de reforço para covid-19 e levou os dois filhos para se imunizarem também contra a doença. “Durante a semana fica muito difícil para mim, minha casa é longe do posto e estou no trabalho”, disse. Ela estava ansiosa para completar a vacinação do Enzo, 7 anos, e dar a primeira dose de Valentina, 5 anos. “É muito importante, a vacina salva vidas e quero proteger meus filhos”, assegurou.

À frente da Secretaria de Saúde, a médica Lucilene Florêncio, destacou que, além de manter os chamamentos para a população completar o esquema vacinal, é preciso ampliar a busca ativa de quem ainda precisa se imunizar. “Temos que ir exatamente naquela região onde a cobertura deveria estar em outro patamar”, conta. “Muitas vezes, as pessoas acham que tomaram a primeira dose e pronto, não precisam mais se vacinar”, alerta a gestora.

Enquanto superintendente da Região de Saúde Oeste, Lucilene implementou a ação do Carro da Vacina, que até hoje percorre as quadras da Região de Saúde Oeste levando a proteção contra a covid até a população. Ela adiantou que organiza um inquérito vacinal para buscar as faixas etárias que ainda precisam tomar em peso as doses de reforço.

A secretária de Educação, Hélvia Paranaguá, reforçou a importância do espaço cedido pelas escolas aos sábados para a vacinação. “Essa parceria com a Saúde possibilita que o cidadão do DF ganhe mais uma opção para se vacinar contra a covid-19. Vejo como um incentivo para aqueles que não conseguem se vacinar durante a semana”, destaca.

A dobradinha com a Secretaria de Educação, que possibilita a vacinação aos sábados nas escolas, já ocorreu nas regiões de Ceilândia, Planaltina, Núcleo Bandeirante, Candangolândia, entre outras, e vai até o fim de junho.

* Com informações da Secretaria de Saúde

Fonte: Agência Brasília

- PUBLICIDADE -
Nos siga no Google Notícias

COMENTÁRIOS

DF NA MÍDIA
DF NA MÍDIAhttps://dfnamidia.com.br
Informações, jornalismo e entretenimento sobre o Distrito Federal e Entorno.
- PUBLICIDADE -

Redes Sociais

16,985FãsCurtir
2,458SeguidoresSeguir
61,453InscritosInscrever

Últimas Notícias

- PUBLICIDADE -

Continue Lendo

- PUBLICIDADE -