21.6 C
Distrito Federal
- PUBLICIDADE -
InícioBrasilMaranhãoSeduc participa de ações da Campanha Vida, Pão, Vacina & Educação em...

Seduc participa de ações da Campanha Vida, Pão, Vacina & Educação em São Luís

- PUBLICIDADE -

Ação da Campanha Vida, Pão, Vacina e Educação em São Luís (Foto: Divulgação)

Entidades participantes da Campanha Vida, Pão, Vacina & Educação deram início, neste sábado (8), à primeira etapa da entrega de alimentos arrecadados para a doação às famílias em situação de vulnerabilidade social em São Luís. As entregas foram realizadas no bairro Vila Palmeira e beneficiaram 150 famílias, que terão um Dia das Mães melhor. No total já foram arrecadas 400 cestas básicas. A ação contou com a participação da secretária adjunta da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), Nádya Dutra; professores, representantes de entidades estudantis, entre outros.

“Somos parceiros da campanha e a primeira etapa de arrecadação foi um sucesso. Hoje, a entrega foi na Vila Palmeira, com o apoio do Instituto Batucando a Esperança e a campanha segue mobilizando os educadores do Maranhão e mobilizando aqueles também que querem ajudar e apoiar quem mais precisa nestes tempos de pandemia”, disse Nádya Dutra.

A Campanha Vida, Pão, Vacina e Educação faz parte de uma série de ações, lideradas pela União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (UBES) em todo o país, em defesa da educação, da democracia e da vida, que exige vacina urgente para toda a população, condições para as famílias se alimentarem, direito à vida e ao conhecimento. A Campanha também tem o apoio do Movimento dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais Sem Terra; Instituto Batucando a Esperança; UNEGRO; UNA-LGTB, entre outros parceiros.

Secretária Nádya Dutra entregou cestas básicas na Vila Palmeira (Foto: Divulgação)

Luany Pestana, diretora do Instituto Batucando a Esperança, destacou a importância da ação que distribuiu cestas básicas para as famílias na Vila Palmeira. “A entrega das cestas básicas é de muita importância, principalmente para essa comunidade, devido à vulnerabilidade e o impacto direto que essas famílias estão sofrendo. Então, é uma forma da gente poder ajudar as pessoas neste momento de pandemia do coronavírus”, afirmou.

A professora Simone Silva, da coordenação de Educação do MST, enalteceu as ações da Campanha para combater a fome e lutar pela vida e ressaltou que amor e solidariedade são essenciais para transformar a vida das pessoas em situação de vulnerabilidade no país. 

“A ordem é ninguém passar fome. Progresso é o povo feliz, e como a solidariedade é a ternura do mundo, nós estamos aqui transformando solidariedade em alimento e pedindo vacina, pão, educação para transformar o projeto de ódio em um projeto de amor e de solidariedade. Nós, do Movimento Sem Terra, apoiamos essa campanha. Venha apoiar também”, defendeu. 

Nós próximos dias, as equipes ligadas à Campanha irão até outras comunidades para continuar a distribuição das cestas básicas. A arrecadação continua nos postos de vacinação. Participe dessa corrente do bem em defesa da vida e de combate à fome.

Comentários

Fonte: Agência de Notícias do Maranhão

- PUBLICIDADE -