23.6 C
Distrito Federal
InícioNotícias CorporativasMarketing digital é opção em tempos de crise, diz empresária

Marketing digital é opção em tempos de crise, diz empresária

Um estudo revelou que 90% de todas as empresas do mundo investem em marketing digital, e a maior parte delas é brasileira. Segundo a Pesquisa Marketing Visão 360º, realizada pelo Mundo do Marketing em parceria com a TNS Research International, mais da metade (54%) das empresas que entendem que o marketing digital é indispensável são de pequeno porte, com até 99 funcionários. Entre os empreendimentos que foram alvo das entrevistas, a maioria prefere terceirizar a atividade para especialistas e agências.

Na visão de Renata Elmor – fundadora da Bsales – empresa que atua com marketing digital e vendas -, é importante investir na estratégia não apenas quando “tudo vai bem”, mas justamente no momento em que uma empresa está passando por uma crise.

“O marketing digital é uma das poucas formas de chegar a novos clientes em todo o território nacional sem custos altos de estrutura e vendedores. E o controle de custos faz muito a diferença na operação de um empreendimento”, afirma a empresária.

Em 2021, foram abertas 4.026.776 empresas no país, um avanço de 19,7% em relação ao ano anterior. Paralelamente, foram fechados 1.410.870 empreendimentos, uma alta de 34,6% em comparação ao ano precedente, segundo o levantamento “Mapa de Empresas – Boletim do 3º Quadrimestre/2021”, elaborado pelo Ministério da Economia, por meio da Secretaria Especial de Desburocratização, Gestão e Governo Digital; da Secretaria de Governo Digital; e do Departamento Nacional de Registro Empresarial e Integração.

No 3º quadrimestre de 2021, foram fechadas 484.470 empresas, percentual 35,7% superior ao registrado no 3º quadrimestre de 2020, com uma leve recuperação de 0,4% em relação ao 2º quadrimestre.

Atenção ao marketing digital cresceu durante a pandemia

Devido à pandemia de Covid-19, muitos negócios tiveram que migrar seus comércios para o on-line e, por conta disso, o marketing digital tem crescido cada vez mais, observa Elmor. De fato, um levantamento da Visa Consulting & Analytics aponta que mais de 70 mil empresas entraram para o e-commerce desde o início da crise sanitária.

“A pandemia mostrou ao empresário brasileiro que o digital é possível, efetivo e necessário. Uma porta que se abriu, e que o consumidor gostou. As empresas que entraram no digital um pouco antes da pandemia sofreram menos com o lockdown. Algumas até aumentaram o seu faturamento”, afirma a especialista.

Em todo o mundo todo, prossegue, o digital já é uma realidade e toma cada vez mais espaço. “Nos Estados Unidos, os outlets – tão visitados por brasileiros – já não têm todos os produtos para venda nas lojas físicas. A maioria dos itens, só com compra on-line. No Brasil, a pandemia acelerou esse processo de digitalização – que é, hoje, um caminho sem volta”.

A afirmação de Elmor é corroborada por uma estimativa do relatório Global Payments Report: o comércio eletrônico mundial deve crescer 55,3% nos próximos três anos. A análise divulgada em março pela Worldpay from FIS projeta que as vendas do e-commerce no Brasil, por sua vez, devem avançar 95% até 2025. 

Segundo a fundadora da Bsales, uma empresa que não dá atenção ao departamento digital pode ter diversos prejuízos. “Empresas consolidadas, com muitos anos de operação, estão perdendo share de mercado para novos negócios, por causa do digital. E esse movimento vai se solidificar cada vez mais”, avalia. “Quem não entrar ‘para valer’ no digital, hoje, está com os dias contados em um futuro próximo”, complementa.

Para mais informações, basta acessar: https://www.bsales.com.br/

DINO Este é um conteúdo comercial divulgado pela empresa Dino e não é de responsabilidade do DF NA MÍDIA
Nos siga no Google Notícias

COMENTÁRIOS

Redes Sociais

16,985FãsCurtir
2,458SeguidoresSeguir
61,453InscritosInscrever

Últimas Notícias

Continue Lendo